Preta Literária: A Lista Negra

Oi bonitos, tudo bem?

Esse fim de semana resolvi ler dois livros da Jennifer Brown: A Lista Negra e Amor Amargo. Terminei o primeiro e estou terminando de ler o segundo, mas não vem ao caso – não agora.
Já tem um tempo que queria ler o livro citado no título, já que ele foi tão bem falado e indicado pela maioria das pessoas que eu conheço e que o leram.

Vou contar um pouco sobre o enredo do livro (sem spoillers) e depois eu deixo as minhas impressões.
Vamos ao livro:

a lista negra

 

O livro se passa no ensino médio e quem nos conta sua história é a Valerie, uma adolescente de 16 anos. Ela é uma adolescente normal, tem namorado chamado Nick e uma roda de amigos, porém ela e seu namorado sofrem bulling e são mal vistos pelos demais alunos e, por conta disso, Valerie começa a escrever em um caderno o nome das pessoas que, de alguma forma, a prejudicaram/implicaram. Pra ela, esse hábito de escrever, é como se fosse sua válvula de escape, mas não para Nick. Ele leva essa lista tão a sério que resolve ir para a escola armado e começa uma caçada às pessoas cujo os nomes se encontram nessa lista. Ocorre uma verdadeira chacina, até que Valerie entra na frente de uma das vítimas para tentar parar Nick, leva um tiro na perna e, quando Nick percebe que atirou na própria namorada, acaba cometendo suicídio.

A trama se passa no pós tragédia (mas também conta um pouco da vida do jovem casal e como a lista começou), mostra a recuperação de Valerie e de todos ao seu redor, como que a família dela, a escola, os alunos lidam com tudo o que aconteceu e, principalmente,  como a própria Valeria reage a tudo isso – o fato de ter que lidar com a polícia e seu tratamento com o psicólogo, entre outras coisas.

★★★★★

Agora vamos ao que eu achei do livro, pois se eu falar mais alguma coisa, entrego toda a história… rsrs

O início me deu a sensação de que eu já sabia o enredo do livro, o que não foi mentira. Fiquei com uma ponta de esperança de que aconteceria algo de diferente/inusitado do que eu esperava, já que o livro foi tão bem falado (o que não ocorreu). Não que isso seja ruim, muito pelo contrário. Achei o livro muito verdadeiro, sem coisas fantasiosas e/ou mirabolantes, mostrando as coisas como elas realmente são. Jennifer Brown foi muito corajosa em falar sobre um assunto tão sério, atual e real de uma forma bem séria e forte, sob o olhar, sob a perspectiva da vítima (?). Ela mostra todo o sofrimento, escreve de uma forma tão formidável, que fui capaz de me transportar para dentro do romance e tomar o lugar da protagonista, fui capaz de sentir todas as suas angústias.

Esse livro deveria ser leitura obrigatória para alunos do ensino médio de tão bem abordado que o assunto foi. Gostei muito do livro, apesar de ter criado uma perspectiva bem maior em relação ao seu desenvolvimento, não por conta da sinopse, mas sim por causa do burburinho que foi feito por quem o leu.

Agora me diz:

Você já sofreu/sofre bulling? Já leu o livro? Se sim, o que achou?
Minha passagem pelo colégio foi bem tranquila, thanks God!!!

❤️  Beijos da Preta

Anúncios

2 comentários sobre “Preta Literária: A Lista Negra

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s