Preta Literária: Os 13 Porquês – Jay Asher

Oi bonitos, tudo bem?

O livro dessa semana é narrado pelo Clay Jensen, um adolescente que, ao chegar da escola, se depara com um pacote endereçado à ele, porém sem remetente e sem nenhuma indicação do que se trata. Ao abrir, ele encontra 7 fitas cassete, com uma numeração em azul, que vai do número 1 ao 13.

capa_jay_asher1

Ele se recorda de que o pai mantém um rádio antigo (com toca fitas) no porão, vai até lá e coloca a fita de número 1 para tocar. Para a sua surpresa, não se trata de uma fita com músicas, mas sim da voz de Hannah Baker, sua colega de turma e crush que cometeu suicídio duas semanas antes.

Hannah conta nas fitas os motivos que a levaram a cometer suicídio, além do fato de que, quem recebeu as fitas, teve alguma participação na tomada de decisão para por fim à sua própria vida.

Clay fica desesperado, tentando se recordar de todos os contatos que ele teve com Hannah, afim de lembrar de alguma situação em que ele a destratou, já que ele era apaixonado por ela. Ele sai de casa para poder ouvir as fitas com mais privacidade e tentar entender qual foi a sua participação mesmo que indireta no suicídio.

★★★★★

Achei esse livro sensacional!!! Nunca havia lido nada escrito dessa forma, o autor te prende pela curiosidade. Li em uma noite de insônia, curiosa demais para saber tudo o que aconteceu e “ouvir” as fitas até o fim!!!

É um livro curto, com 252 páginas, mas que aborda vários assuntos sérios como: abuso sexual, bulling, depressão, mentiras… A história é muito forte e te faz pensar no impacto que você tem na vida do próximo, mesmo sem ter noção disso. Fora o fato de que ficamos o tempo todo tentando “salvar” a Hannah, até lembrar que ela já havia morrido…

Plus: A Netflix produzirá uma minissérie do livro (com 13 episódios), já que a tentativa de transformá-lo em filme pela Universal não deu certo. Selena Gomez produzirá a série e será a protagonista. Até o momento, não foram divulgadas mais nenhuma informação além das citadas, mas já estou super ansiosa para ver o resultado!!! 

❤️  Beijos da Preta

Anúncios

Preta Literária: Espada de Vidro

Oi bonitos, tudo bem?

Já adianto logo: enquanto o primeiro livro foi uma apresentação do reino, ambientação da trama e o começo da “rebeldia” da protagonista, a continuação é completamente recheada de ação, aventura, traições e questionamentos!!!

20160527_134053

*Continuo dizendo: muito difícil tirar uma foto decente dessa capa, reflete a luz toda… rsrs

Espada de Vidro começa exatamente de onde A Rainha Vermelha  parou: logo depois que Mare Barrow e Cal foram resgatados do Ossário pela Guarda Escarlate. Farley (capitã de uma das células da Guarda e que ajuda Mare desde o início do seu envolvimento com a organização) faz com que Mare tenha uma noção do que a Guarda realmente é: uma organização muito maior e mais estruturada do que eles querem parecer.
Ela segue fugindo, do rei Maven e da Rainha Elara, na companhia de Cal e da Guarda, porém tem em mente as palavras de seu ex-professor Julian Jacos (prateado e tio de Cal): todo mundo pode trair todo mundo.

Então é chegada a hora de nossa heroína juntar os cacos de tudo o que aconteceu, se reerguer e esboçar um plano para combater a tirania do novo rei que, como bem se sabe, subiu ao trono com a ajuda de sua estimada e manipuladora mãe. Enquanto Mare é puro ódio, Cal é a apatia em pessoa, afinal de contas ele foi feito de fantoche pela rainha, que utilizou de seus poderes mentais para fazer com que o príncipe matasse o próprio pai…

Em meio ao turbilhão de sensações e sentimento de traição, Mare descobre que seu irmão favorito está vivo, Shade (que foi dado como morto enquanto lutava nas trincheiras da guerra do rei) e que ele também é um sanguenovo (vermelho com poderes), capaz de se teletransportar.

Depois que Mare chega a uma das bases da Guarda, cai numa armadilha e é capturada pelo Coronel, mas logo depois consegue se libertar com a ajuda de seu amigo de infância Kilorn. Com isso, seu ânimo se renova e o grupo resolve partir para encontrar os sanguenovos antes que o rei os encontre primeiro e os mate. A ideia é recrutar o máximo de sanguenovos possível, ensiná-los a domar seus poderes e montar uma espécie de exército vermelho para lutar contra o rei prateado.

Podemos encontrar de tudo um pouco nesse livro: viagem, caçada humana, corrida contra o tempo, ameaças de um rei tirano, lutas, explosões, emoção… Em meio a isso tudo, Mare se questiona, pois não é uma prateada, mas também não se considera mais uma vermelha. Muita coisa acontece a partir desse ponto, é aí que a história realmente se desenrola.

★★★★★

Se a autora Victoria Aveyard havia me surpreendido com o primeiro livro, digo que ela me ganhou com o segundo! Realmente muito bem desenvolvido – melhor que o primeiro, ouso a dizer!!!

Como não gosto de spoilers, sempre paro onde a história começa de verdade!!!

Pra acompanhar as minhas leituras, é só me adicionar no Skoob e no Goodreads que sempre atualizo os dois!

❤️  Beijos da Preta

Preta Literária: A Rainha Vermelha

Oi bonitos, tudo bem?

Estou completamente atrasada nas minhas leituras, desde que o mês de fevereiro se foi e me deixou com uma MEGA ressaca literária, que ainda não consegui colocar as minhas leituras em dia. Só para vocês terem noção, é só clicar nesse link aqui e ver quando foi que eu postei sobre A Rainha Vermelha… Enfim, vamos ao livro que é o que importa, certo?

20160524_152056

*Muito difícil tirar uma foto decente dessa capa, reflete toda a luz… rsrs

Desde a primeira vez que ouvi falar sobre esse livro fiquei louca pra ler, sou apaixonada pelo gênero! Peguei esse livro na minha estante na esperança de engatar na leitura e não consegui largar mais. Li em apenas “uma sentada”. A autora conseguiu me prender de uma forma que me surpreendeu, há muito tempo que não sei o que é isso!
E detalhe: livro de estréia da Victoria Aveyard.

Nossa heroína se chama Mare Barrow, uma adolescente vermelha de 17 anos que não possui nenhum talento e nem uma profissão e, por conta disso, tem a consciência de que, ao completar 18 anos, será enviada para servir o exército. Enquanto a intimação não chega, ela furta nas ruas para ajudar a sustentar sua família.

Ela vê sua vida mudar quando, numa noite de furtos próximo ao seu vilarejo, esbarra com um suposto criado da realeza, o mesmo a ajuda e lhe “arruma” um emprego no castelo de veraneio do rei. No castelo, Mare fica encantada com a vida luxuosa que os prateados levam, já que, sendo uma vermelha, está acostumada com o trabalho árduo, servidão e a pobreza.

No meio de uma prova que tem como objetivo escolher a noiva do príncipe herdeiro, Mare descobre que tem o poder de produzir e controlar energia elétrica, o que é basicamente impossível de acontecer, já que apenas os prateados possuem poderes.

A trama começa a partir daí, pois toda nobreza prateada viu a demonstração do poder de uma vermelha e cobra explicações ao rei e à rainha. Mare se vê obrigada a fazer um acordo com o rei para poder enfim cuidar de sua família de forma honesta, porém ela tem que abdicar de quem ela é.

★★★★★

Chega de falar sobre o livro, senão vou entregar tudo o que acontece depois!

Esse livro é sensacional, me deixou sem fôlego!!! Li muito rápido e fiquei boquiaberta com as reviravoltas que a autora deu. Já comecei a ler a continuação, Espada de Vidro, e logo terá resenha aqui no blog!

Super indico, até favoritei no meu perfil no Skoob!

❤️  Beijos da Preta